A velha questão de interpretação…e respieto!

Boa noite! este pequeno post é de carater geral a fim de explicar algumas coisas sobre o blog ^^

Bem, a começar que gostaria de deixar claro o seguinte: Todo artigo aqui postado será baseado em 3 coisas : A doutrina espírita codificada por allan kardec, Literaturas espíritas e interpretação pessoal.

Porque estou falando isso? Todos sabemos que um texto pode ser lido por 1 mil pessoas e ter até 1 mil interpretações diferentes… e isso ocorre no espiritismo também, numa escala um pouco menor concordo, pois que Kardec foi muito feliz em deixar beeeeem claro em suas perguntas e apontamentos as suas conclusões.

Mas também Kardec expôs que, à nós espiritas, cabia a análise e crítica dos ensinamentos que os espíritos nos revelavam, a fim de não sermos enganados por ensinamentos falsos e falsos profetas, bem como não deixarmos passar uma oportunidade de aprender uma nova revelação ( ou ao menos de abrir um novo tema para debate e raciocínio)

A fé espírita longe de ser dogmática e fechada é baseada na auto-análise e no pensamento lógico, margeado pelas bases lançadas por Kardec em sua codificação.

Chegamos ,atualmente, num ponto onde muitas novidades surgem no meio espírita e ficamos de certa forma receosos de sermos enganados ou deixar-nos parados ao tempo…

Em verdade podemos pensar da seguinte maneira: Não precisamos aceitar e nem acreditar em tudo que ouvimos e lemos. Mas com certeza podemos pensar sobre o assunto, analisar de forma lógica, chegar a NOSSA conclusão e respeitar as demais conclusões como caminhos diferentes, porém levando a um mesmo objetivo que é o PROGRESSO MORAL. Afinal, errar também é importante ferramenta para o aprendizado e a evolução do ser.

Por fim gostaria de deixar claro aos irmãos que aqui comentam que: eu leio todos os comentários de forma aberta aos vossos argumentos e muitas das vezes aprendo certos aspectos do assunto que me fugiram no momento ou que seriam relevantes ao estudo do assunto, fico grato pelo feedback e gostaria que todos expressassem sempre suas opiniões de forma respeitosa como Kardec nos ensina. E aqueles que fazem piada e etc eu também leio e rio dos comentários, aprendi a levar a vida com bom humor, aprovo os comentários negativos e “piadísticos” pois sou grande fã da livre expressão.

No mais obrigado a todos que visitam o blog e compartilham suas ideias, são uma forma útil de aprendermos muito mais sobre a doutrina! Muita paz a todos!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s