A Data limite segundo Chico Xavier – Uma profecia espírita?

DATA

O documentário “A data limite segundo Chico Xavier” foi um grande sucesso no ano de seu lançamento pois trouxe a tona um grande sentimento de ansiedade e inquietação no movimento espírita e até mesmo fora dele. No filme dirigido por Fábio medeiros em forma de documentário, trás uma série de entrevistas que afirmam uma suposta data em que vidas extraterrestres iriam aparecer de forma mais constante na vida dos habitantes da terra.

A ufologia e o espiritismo tem elos de ligações. Como já mencionamos anteriormente, o espiritismo afirma a existência de vida inteligente em outros planetas. Algumas situações sobre avistamentos de OVINIS a parte, não iremos trabalhar neste artigo nada sobre o elo entre ufologia e espiritismo. Num artigo posterior iremos explorar este assunto.

Neste artigo trataremos a suposta “profecia” do médium mineiro que dizia como citado abaixo:

“…Pouco mais de duas décadas depois, o médium brasileiro Chico Xavier confidenciava aos companheiros mais próximos que, por ocasião da chegada do homem à Lua em 20 de julho de 1969, acontecera uma reunião com as potências celestes de nosso sistema solar para verificar o avanço da sociedade terrena. Decidiram pois, conceder à humanidade um prazo de 50 anos para que evoluísse moralmente e convivesse em paz, sem provocar uma terceira guerra mundial.
Se assim convivesse até a Data Limite, a humanidade estaria, a partir de então, pronta para entrar numa nova era de sua existência, e feitos magníficos seriam verificados por toda a parte, inclusive os nossos irmãos de outros planetas estariam autorizados expressamente a se apresentarem pública e oficialmente para os habitantes da Terra…”

(trecho retirado do documentário em questão)

É muito importante como espíritas analisarmos todo conteúdo novo com o prisma da razão e de forma imparcial. Analisando esta afirmativa o que podemos confirmar através do espiritismo?

Os pontos chave que destacaremos é a existência de vida inteligente em outros planetas. Isso corrobora a ideia de que possam existir UFO’s ou atividades semelhantes, mesmo que talvez não conforme as lendas urbanas e os folclores locais.

Outro ponto favorável à profecia seria a ideia de que existem dois caminhos para a evolução planetária. Um pela dor, pelas guerras, pela catástrofe e o outro pelo entendimento de que precisamos viver em paz, harmonia e que TALVEZ, sim numa situação destas pudéssemos ser ajudados por seres mais evoluídos que nós.

Um ponto negativo para esta dita profecia é a ideia de uma “data”, um “termo”. Sabemos que por mais perfeito que seja toda a providência divina, existem inúmeras variáveis na vida espiritual. Possuímos nosso livre-arbítrio e a chance de causarmos males ou até de melhorarmos mais rápido o que viria a ser um modificador desta data.

Tal fato pro si só não anula completamente a profecia, porém pode ser um fator importante a se considerar na hipótese da mesma ser real e confirmada, de que ela não possua uma data certa e estipulada de forma rígida.

Diz-se também que os avanços tecnológicos seriam sensíveis e que a humanidade caminharia para uma evolução nos campos da saúde e da exploração espacial inimagináveis. Tal fato pode ser verdade pois sabemos que a humanidade evolui conforme evolui a intelectualidade e a moralidade. É de se esperar que uma sociedade mais justa e voltada para o coletivo tenha mais chances de ter em mãos tecnologias que poderiam ser perigosas em posse de sociedades destrutivas.

Em verdade tal assunto é muito inconclusivo pois demandaria conhecimentos profundos dos planos divinos e das inúmeras variáveis do nosso livre-arbítrio o que por si só não nos permite fazer afirmações categóricas refutando ou confirmando a profecia.

Uma coisa é certa, vivemos momentos de transição planetária e nesta transição haverá um certo desconforto inicial para que possamos agir no bem. Um exemplo disso é a crise da violência que vivemos nos estados brasileiros que nos fazem rever nossa real necessidade e rever inclusive nossas atitudes enquanto sociedade cristã.

O espiritismo não possui “profecias” pois  todo caso de futuro é uma incógnita a forma como vai acontecer pois depende de inúmeras situações oriundas do livre-arbítrio. Portanto neste artigo utilizamos a palavra profecia por mera casualidade.

Portanto o que podemos afirmar é que, acontecendo ou não daqui a 6 meses, sabemos que estamos vivendo momentos de mudanças, se elas serão com ajuda de seres de outros mundos ou com catástrofes naturais ou de forma natural não sabemos, sabemos que nada da saltos na natureza e portanto , seja o que for vai acontecer de forma paulatina e com todo o auxílio da espiritualidade amiga.

Sendo como for, sejamos corretos durante o tempo que for até que o momento em que a regeneração planetária esteja completa. Que o futuro nos reserve o amor infinito de Deus, de que forma for para acontecer, acontecerá de forma perfeita como tudo que vem de Deus. Muita paz meus amigos!

 

2 comentários sobre “A Data limite segundo Chico Xavier – Uma profecia espírita?

  1. A data limite é HOJE. Esse dia é a data para fazer as pazes com quem você “estava de mal”; é o dia de rezar por aquela pessoa que você prefere não encontrar, quando sai de casa; hoje é o dia de pedir desculpa, mesmo sabendo que você tem razão; é o dia de ser mais humilde e mais simples de coração. Não deixe para amanhã porque pode ser muito tarde e nunca mais você tenha uma segunda chance de ser melhor do que foi ontem porque amanhã, acabe o mundo ou não, você não vai acabar e o que fez de bom irá com você, não importa para onde, abrindo seus caminhos, florindo o chão que você pisa e acendendo as estrelas por onde você mereceu passar porque trabalhou para isso sem esperar nada em troca.

    Curtir

  2. Parabens pelo primeiro texto sério sobre o tema que consegui encontrar! Muito misticismo sobre “profecias” mas poucos lugares com reflexões mais profundas e embasadas sobre o tema, parabéns novamente!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s