O Poder do pensamento – Energia Criadora

espiritismo-e-a-importancia-do-pensamento-1024x624

O pensamento é – para nós – amplo assunto para estudo pois muita das teorias são obscuras do ponto de vista materialista. No espiritismo temos uma visão de pensamento como uma força criadora. através dele podemos atrair motivos de alegria ou de sofrimento, podemos nos unir a Deus ou nos distanciar dEle. Por isso o estudo do pensamento é de enorme importância para a nossa evolução moral. Entender o quanto o pensamento pode influenciar na vida material e espiritual pode nos ajudar a controlar e vigiar sobre o que andamos pensando.

Sendo todos nós espíritos encarnados, estamos em constante contato com o mundo espiritual através de nossos pensamentos que alteram o nosso campo vibracional conforme mais ou menos elevados sejam os pesamentos. Quantas vezes não vemos um filme de terror e nos sentimos perturbados por um tempo após assisti-lo? quantas vezes em momentos onde a raiva nos domina sentimos dores de cabeça fortes ou temos mudança súbita de pressão ? Sim meus amigos, o pensamento tem consequências físicas e espirituais diretas sobre nós; através deles estamos em constante troca energética com o mundo material e o mundo espiritual. Do contrário, quando viemos de uma palestra espírita, ouvindo mensagens de bem, vemos um filme inspirador ou temos uma conversa sublime nossa mente relaxa, sentimos torpores de alegria no amago do espírito; são as consequências diretas dos bons pensamentos.

Os espíritos revelaram à época de Kardec e as seguintes épocas o caráter do pensamento como importante ferramenta para se ligar ao bem ou ao mal, na pergunta 89 a máxima de jesus “diga onde está seu coração que aí está o seu tesouro” pode ser entendida como coração o seu sentimento, sua paixão e , como a paixão é um pensamento de adoração poderíamos interpretar coração como pensamento; “diga onde está seu pensamento que aí estará seu tesouro” ou seja, aí estará o que você valoriza o que lhe é caro. Queres ter como tesouro bens materiais perecíveis ou a vida imortal e justa? a felicidade eterna daqueles que praticam o bem ?

89. a) O pensamento não é a própria alma que se transporta?
“Quando o pensamento está em alguma parte, a alma também aí está, visto que é a alma quem pensa. O pensamento é um atributo.”

Através dos bons pensamentos nos conectamos com bons espíritos, ouvimos através de intuições seus concursos em prol de nossa evolução mas, através do pensamento invigilante e desequilibrado, tomamos nota de influências espirituais não tão elevadas que se comprazem com o mal e a propagação dele. Por isso a importância de vigiar os pensamentos a fim de evitar a influenciação negativa de espíritos infelizes.

“[…]todo mau pensamento que nos é sugerido vem de um espírito dessa ordem.” Livro dos Espíritos, Cap I.

Outra situação que pode nos desequilibrar os pensamentos é ao assistir filmes, programas de TV com muita violência, com ideias que nos remontam a revolta, raiva, etc. Para nós espíritas é ótimo evitar isso. Entendemos a situação de crise que o planeta vive mas não devemos alimentar esta crise com pensamentos negativos. A gama de pensamentos ruins que diariamente milhões trazem é tão grande que alimenta todos os espíritos inferiores em suas práticas de mal. Agora imagine o contrário; milhares com pensamento voltado a Jesus e ao bem, com foco em pensar num futuro melhor, quem vocês acham que irá utilizar desses pensamentos em prol de um trabalho ? Os amigos espirituais, os “espíritos angelicais” e de luz.

Sendo o pensamento energia criadora, quando pensamos estamos criando algo, seja uma situação que vibracionalmente se torna possível ou uma imagem mental. Somos responsáveis pelo que criarmos e por isso devemos estar atentos ao que estamos pensando. Joanna de Angelis nos diz, no livro Vida Feliz:

“O homem pode ser considerado o pensamento que exterioriza, fomenta e nutre. Conforme a sua paisagem mental, a existência física será plasmada, face ao vigor da energia direcionada. O pensamento é a manifestação do anseio espiritual do ser, não uma elaboração cerebral do corpo. Sendo o Espírito o agente da vida, nos intrincados painéis da sua mente se originam as idéias, que se manifestam através dos impulsos cerebrais, cujos sensores captam a onda pensante e a transformam, dando-lhe a expressão e forma que revestem o conteúdo de que se faz portadora.”

As vibrações de nosso pensamento se unem a vibrações de igual valor moral. Por isso o dever do espírita é de manter os pensamentos com foco no bem e na elevação moral. Sintonizar-se com a espiritualidade é como um rádio ligado em uma estação, qualquer distúrbio no aparelho sintonizador nos faz perder o sinal da estação desejada. Se mudarmos a sintonia de pensamentos estaremos nos conectando com sintonias análogas a esta. Por isso se pensarmos o mal nos ligamos ao mal, se pensarmos no bem, nos ligamos ao bem.

O pensamento é criador. Assim como o pensamento eterno projeta, ininterruptamente, no Espaço, os germens dos seres e dos mundos, também o do escritor, do orador, do poeta, do artista, faz brotar um incessante florescer de ideias, de obras, de concepções, que vão influenciar, impressionar, para o bem ou para o mal, segundo sua natureza, a imensa multidão humana.

É por isso que a missão dos operários do pensamento é, ao mesmo tempo, grande, perigosa e sagrada. Grande e sagrada, pois o pensamento dissipa as sombras do caminho, resolve os enigmas da vida e traça a rota da Humanidade; é sua chama que aquece as almas e embeleza os desertos da existência. É, também, perigosa, porque seus efeitos são tão poderosos para a descida quanto para a ascensão.

Cedo ou tarde, todo produto do espírito retorna a seu autor com suas consequências, acarretando para este, segundo o caso, o sofrimento, um apequenar-se, uma privação de liberdade, ou, então, satisfações íntimas, uma dilatação, uma elevação de seu ser.

A vida presente é, como se sabe, um simples episódio de nossa longa história, um fragmento da longa cadeia que se desenrola, para todos, através da imensidão. E, constantemente, recaem sobre nós, em brumas ou em claridades, os resultados de nossas obras. A alma humana percorre seu caminho, envolta numa atmosfera radiosa ou sombria, povoada pelas criações de seu pensamento. E ali está, na vida do Espaço, sua glória ou sua vergonha.

Leon Denis

Do livro: O Problema do Ser e do Destino. CELD (retirado de portifólio do Centro espírita Leon Denis – RJ)

Neste quadro devemos escolher: queremos ser fonte de energia para o bem ou para o mal? que nossos pensamentos sejam a transmissão de nosso ideal de evolução e amor. Busquemos pois, vigiar nossos pensamentos para que sejamos sempre fonte inspiradora de energia divina que há de elevar a humanidade no reino de paz e de amor que Jesus nos promete. Somos responsáveis pelo que projetamos no campo mental por isso orai e vigiai. Muita paz!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s