Corona vírus – Um Olhar Espírita

coronavirus-ilustracao-mostra-novo-virus-29012020214335295

Com os momentos vividos atualmente de tensão e medo na humanidade, torna-se impetuoso que os espíritas se posicionem e tenha questionamentos muito justos sobre a atual crise. Lembrando que o planeta está em plena regeneração, onde os espíritos superiores já nos avisavam que seriam momentos de provações e mudanças graduais, com um certo apelo sentimental que irá nos unir enquanto irmãos. Neste texto iremos explorar os aprendizados e as possibilidades de aplicarmos nossa fé cristã espírita junto a mais um momento de provação planetária.

Atualmente vivemos um momento de crise planetária. Nações no mundo inteiro lamentam seus mortos e a urgência da fraternidade se tornou patente em todo território terrestre. Em momentos de crise a fraternidade surge trazendo a esperança e a caridade como remédios da alma no momento em que a ciência luta no campo material para combater um inimigo que nada mais é do que uma consequência direta de nossos excessos enquanto espíritos encarnados.

O Corona vírus, causador da doença Covid-19, tem levado muitas pessoas ao desespero e ao medo. Apesar de ser uma doença pouco mortal, é muito facilmente transmitida o que causa mais medo àqueles que possuem parentes e amigos em grupos de risco.

É importante antes de adentrarmos ainda mais fundo nas questões morais e espirituais dessa pandemia, deixaremos claro que é MANDATÓRIO que a população siga todas as recomendações das autoridades médicas e especialistas que lutam dia e noite para parar o avanço do vírus e trazer à população o tratamento e a cura necessários.

Dito isto, podemos seguir a nossa reflexão acerca de tal calamidade vivida. Ismael, o espírito responsável pelo Brasil, em comunicação pela FEB em 28/02/2020, nos relembra que a covid-19 nada mais é do que uma consequência direta de nossa fraqueza moral, que irremediavelmente assola o planeta a ponto de feri-lo gravemente energética e fisicamente. Nossas ações intempestivas e exageradas tem levado o globo ao limite de seus recursos e toda essa nossa exuberância material tem cobrado preços enquanto os fenômenos naturais crescem em proporção e destruição.

A lei de destruição é fator importante também nesta pandemia. Sabemos segundo kardec que a lei de destruição faz parte do processo evolutivo do homem. É através da lei de destruição que o espiritismo explica porque deus permite que o flagelo atinja a humanidade e coisas ruins aconteçam em escala global.

737. Com que objetivo Deus golpeia a Humanidade, através de flagelos destruidores?

“Para fazê-la progredir mais rápido. Já não dissemos que a destruição é necessária para a regeneração moral dos espíritos, que, em cada nova existência, sobem um novo degrau na escala do aperfeiçoamento? É preciso ver o objetivo para apreciar-lhes os resultados. Apenas do vosso ponto de vista pessoal é que vós os avaliais e, por causa do prejuízo que vos causam, vós os chamais de flagelos; mas essas perturbações são, frequentemente, necessárias, para que uma melhor ordem de coisas possa, mais prontamente, acontecer e, em alguns anos, realizar-se o que teria exigido muitos séculos.”

Vemos neste trecho que os flagelos são ferramentas utilizadas pela divindade através da lei de destruição e da lei de causa e efeito que visam o melhoramento e o aprendizado do ser humano. Mas seria esta a única forma de se aprender e evoluir? segundo a pergunta seguinte, os espíritos dizem que não.

738. Deus não poderia empregar, para a melhoria da Humanidade, outros meios que não os flagelos destruidores?

“Sim, e ele os emprega todos os dias, já que deu a cada um os meios de progredir, através do conhecimento do bem e do mal. É o homem que deles não se aproveita; é preciso castigá-lo no seu orgulho e fazê-lo sentir sua fraqueza.”
a) Mas, nesses flagelos, o homem de bem sucumbe, tanto quanto o perverso; isto é justo?

“Durante a vida, o homem relaciona tudo ao seu corpo; mas, depois da morte, pensa de outra maneira. Como já dissemos: a vida do corpo é pouca coisa; um século do vosso mundo representa um relâmpago na eternidade; portanto, os sofrimentos daquilo que chamais de alguns meses ou de alguns dias, nada significam. Constituem um ensinamento para vós e que vos servirá no futuro. Os espíritos, que preexistem e sobrevivem a tudo, eis o mundo real (ver questão 85); esses são os filhos de Deus e o objeto de toda sua solicitude; os corpos são apenas disfarces, sob os quais eles aparecem no mundo. Nas grandes calamidades que dizimam os homens, é como, durante a guerra, um exército, que vê seus uniformes gastos, rasgados ou perdidos. O general se preocupa mais com seus soldados, do que com as suas fardas.”

b) Mas, as vítimas desses flagelos não deixam de ser vítimas…

“Se se considerasse a vida como ela é e quão pouca coisa representa, com relação ao Infinito, menos importância a ela se daria. Essas vítimas encontrarão, numa outra existência, uma ampla compensação aos seus sofrimentos, se souberem suportá-los sem reclamar.”

Quer a morte aconteça por meio de um flagelo, quer ela se dê por uma causa comum, ninguém escapa à morte, quando a hora da partida soa; a única diferença é que, naqueles casos, um maior número parte, ao mesmo tempo. Se pudéssemos nos elevar, pelo pensamento, de maneira a dominar a Humanidade e abrangê-la completamente, esses flagelos tão terríveis nos pareceriam apenas tempestades passageiras, no destino do mundo.

Com isso percebemos que os flagelos da humanidade são, de maneira inequívoca, necessário aprendizado que vem da lei de causa e efeito, onde se um grupo de espíritos passa por uma situação expiatória, significa que de alguma foram eles estão retribuindo a lei de Deus alguma falta pretérita.

E qual seria o resultado desses flagelos? eles tem algum sentido além da expiação? Segundo os espíritos, além da espiação, esses flagelos reavivam nos seres humanos os sentimentos mais puros de caridade, fraternidade e abnegação. Em momentos de crise o coração humano torna-se mais caloroso e, fora alguns exemplos atrasados de barbárie, tornam-se mais caridosos.

739. Os flagelos destruidores têm uma utilidade, do ponto de vista físico, apesar dos males que ocasionam?

“Sim, algumas vezes, eles mudam as condições de uma região; mas o bem que deles resulta, frequentemente, só as gerações futuras o sentem.”

740. Os flagelos não seriam, igualmente, para o homem, provas morais que o colocam diante das mais duras necessidades?

“Os flagelos são provas que dão ao homem a oportunidade de exercitar sua inteligência, de mostrar sua paciência e sua resignação à vontade de Deus, e o inclinam a manifestar seus sentimentos de abnegação, de desinteresse e de amor ao próximo, se não estiver dominado pelo egoísmo.”

Por isso, o espírita deve ter a certeza de que tal vírus como toda mazela humana vai passar, deixar seu rastro de destruição e aprendizado. Porém isso não nos deve ser um motivo de perder a fé na humanidade, nos bons exemplos diários que surgem diante do caos, da fraternidade que salva. Somente o amor irá nos resgatar agora dessa pandemia. Amem muito, à distância, tenham fé e entendam que este momento é uma consequência da nossa imprudência e ingerência de nossos defeitos. Que Deus abençoe a ciência, os médicos e pesquisadores que estão dando suas vidas para nos salvar desse surto e que nossa alma tanto teme, sigamos com fé, com cuidado mas com muita esperança.

Muita paz!

Um comentário sobre “Corona vírus – Um Olhar Espírita

  1. Muito bom encontrar essa página com mensagens q nos relembram os estudos de Kardec.
    O momento é de reflexão e temos tempo, confinados q estamos aproveitemos.
    Gostei muito o que o Leon Deni nos comunicou.. publiquem mais sobre esse momento q vivemos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s